O projeto „novos olhares, novo mundo” foi realizado no contexto da                                                                           do Centro Comunitário  GZ Buchegg (Zurique). O objetivo do projeto era criar um laboratório de experimentações artísticas e  intervenções urbanas em um bairro multicultural da cidade de Zurique. Tratava-se de uma intervenção artística participativa com fotografia, pintura, instalações e encenação teatral, tendo como inspiração a obra do artista de rua Banksy .Assim como o artista, trabalhamos com temas da atual realidade mundial que consideramos fundamentais: a urgência de uma sociedade mais plural e mais tolerante, a identidade cultural, a migração, cultura de paz, etc. Imagens e intervenções espaciais realizadas pelas artistas em parceria com as crianças serviram como pano de fundo para a realização de sessões fotográficas a partir do conceito de "fotografia encenada". O projeto buscou, através das diferentes oficinas, resgatar relações entre fantasia e realidade, entre cotidiano e poesia, entre consciente e o inconsciente, entre o mundo adulto e o  mundo infantil.

Autoras: Andréa Zemp Santana do Nascimento & Adéle Ridereau como Coletivo de arte DaundOrt Vermittlung (www.daundort.com)

 Projeto "Novos olhares, novo mundo"Residência Artística "Cultura Infantil" GZ Buchegg, Zurique - 2016

Projeto "SommerSpielStadt"  Verein Hochhinaus - GZ Hirzenbach, Zurique - 2014

Em 2014 participei da Semana de Férias                                            , um projeto sócio-cultural do coletivo de arte                  

O tema naquele ano foi "Circo: à procura de uma nova casa". Os artistas/mediadores implantaram algumas instalações e alguns fragmentos artísticos no espaço "vazio"do centro comunitário, que serviriam como pontos de partida para as ideias e os projetos a serem desenvolvidos pelas próprias crianças, com suporte dos artistas e mediadores. As crianças - entre 6 e 12 anos puderam, desta forma, experimentar as mais variadas técnicas construtivas e artísticas com diferentes materiais. Entre outras atividades, eu contribuí durante o projeto, para a construção de um pequeno estúdio fotográfico a céu aberto e assumi o papel de fotógrafa, e me encarreguei de registrar as imagens das crianças caracterizadas como personagens circenses, com fantasias feitas por elas mesmas. Ao final do projeto as crianças realizaram um espetáculo de circo para famílias e convidados.